Informação acerca da dieta da proteína, como funciona a dieta da proteína, alimentos permitidos e alimentos proibidos. Temos lista de carboidratos por alimento e receita de cardápio com menu diário para implementação da nova dieta da proteína.


sábado, 21 de junho de 2014

Conceito da dieta da proteina

A dieta da proteina de Atkins é baseada na premissa de que as pessoas comem muitos carboidratos e isso leva-os a ter excesso de peso. Esta afirmação é verdadeira só em parte; uma vez que no caso de o consumo de energia (e não apenas a ingestão de carboidratos) ser superior ao gasto de energia que você promove, então ficará com excesso de peso. Na verdade, a qualquer hora que você come mais calorias do que você queima, sejam eles carboidratos, proteínas ou gordura, você vai ganhar peso. A Idéia de Atkins por detrás da dieta da proteina, é que só podemos queimar gordura uma vez que o carboidrato é queimado. A fim de preservar o tecido do corpo (proteína), hidratos de carbono são, inicialmente, os principais meios de energia para o corpo. Uma vez que o carboidrato armazenado é queimado, podemos começar a quebrar a gordura. A idéia é que nossos corpos queimam carboidratos em primeiro lugar, e só depois se pode começar a queimar gordura. Ao reduzir consideravelmente o teor de carboidratos na dieta da proteina estes são substituídos com proteínas e gorduras. Atkins afirma que podemos começar a queimar gordura mais eficientemente. A verdade é que quando as calorias são restritas a pessoa vai perder peso.

Por que funciona a dieta da proteina

Quando alguém inicia um processo de baixa ingestão de carboidratos, e ao mesmo tempo inicia uma dieta rica em proteinas, constata-se inicialmente uma grande perda de peso rápida. Essa perda vem das reservas de glicogênio no fígado que se esgotam para ajudar a manter os níveis de glicose no sangue. Com cada grama de glicogênio perdido, 3 gramas de água saiem do corpo. A perda de água inicial pode ser significativa, o que motiva a perda de peso, mas a maior parte deste peso é água. O glicogênio muscular também irá diminuir consideravelmente. Quando a pessoa que implementa a dieta da proteina perde peso logo depois de começar a dieta, torna-se mais fácil que esta mantenha a dieta, porque vê os resultados rapidamente. Após a perda de peso de água inicial, mais peso vai continuar a perder por causa do corte no valor total de consumo de energia, e não do tipo de alimentos ingeridos. O corpo entra num estado de cetose ou quebra de gordura em substituição de glicose. Muitos tecidos, como o cérebro são dependentes de glicose e dependem de glicose como energia. Cetonas podem ser usadas, mas não são a escolha preferida de energia desses tecidos. A ingestão de hidratos de carbono típicos, na dieta da proteina de Atkins, é tão baixa quanto 40 g por dia. A Academia Nacional de Ciências (NAS) Food and Nutrition Board recomenda pelo menos 120 gramas de carboidratos por dia para uma ótima saúde e para o funcionamento ideal do cérebro. Não há dúvida de que a perda de peso vai acontecer, mas os especialistas concordam que a quantidade de calorias consumidas é mais importante do que o seu tipo.

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL