Informação acerca da dieta da proteína, como funciona a dieta da proteína, alimentos permitidos e alimentos proibidos. Temos lista de carboidratos por alimento e receita de cardápio com menu diário para implementação da nova dieta da proteína.


terça-feira, 22 de novembro de 2011

O que é, causas, riscos e tipos de Obesidade

Obesidade significa excesso de gordura no organismo. A medida exata de gordura é de muito difícil obtenção, mas alguns índices podem avaliar de uma maneira relativamente correta a quantidade de gordura do corpo.
O índice mais utilizado é chamado Índice de Massa Corporal (IMC), que se obtém dividindo o peso do indivíduo (em Kg) pela altura ao quadrado (ou altura x altura) em metros. Obtém-se assim um número seguido de Kg/m2 que deve ser interpretado da seguinte maneira:
  • menor que 18 Kg/m2 = subnutrido
  • de 18 a 26 Kg/m2 = normal
  • de 26 a 30 Kg/m2 = pesado
  • acima de 30 Kg/m2 = obeso
Indivíduos com valores de IMC superiores a 40 Kg/m2 são chamados de obesos mórbidos (devido à grande morbidez, isto é, doenças graves relacionadas com este grau de obesidade).
A obesidade é causada por um desbalanço, entre as calorias que são consumidas sob a forma de alimentos e as calorias que são gastas pelo indivíduo para o organismo funcionar, mesmo em repouso, realizar as atividades física e digerir os alimentos consumidos.
O excesso de calorias (resultante de um balanço positivo entre o que é consumido e o que é gasto) é depositado no organismo. Boa parte desse depósito se faz sob a forma de gordura e quanto mais se deposita mais obeso é o indivíduo. Dessa maneira, a pessoa pode ser obesa porque:
  • come exageradamente e/ou
  • gasta poucas calorias e/ou
  • queima gorduras com menor facilidade.
São propensos à obesidade aqueles indivíduos que apresentam uma tendência genética a ser obesos - e isto é bastante freqüente - ou quando, mesmo sem tendência genética, exageram na quantidade de alimentos ingeridos (particularmente os alimentos gordurosos) ou levam uma vida muita sedentária.
Os indivíduos obesos apresentam-se com maior quantidade de tecido gorduroso pelo organismo e essa deposição de gordura é variável de pessoa para pessoa.A grosso modo, existem dois tipos básicos de distribuição de gordura:
  • na região subcutânea (abaixo da pele), particularmente da cintura para baixo, é chamada de obesidade ginóide (porque acomete mais as mulheres) ou obesidade em pêra (pela forma) ou obesidade subcutânea.
  • no abdômen, profundamente entre as vísceras, é chamada de obesidade andróide (porque acomete mais os homens) ou obesidade em maçã (pela forma) ou obesidade visceral. Naturalmente há grandes variações entre este dois tipos de distribuição de gordura.
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL